Dear Diary #3 - Facebookcídio

Querido diário,

São exatamente 9 meses que não tenho a tão famosa e brilhante rede social: o Facebook. Eu estaria mentindo se dissesse que não está me fazendo falta, pois nela deixei pra trás algumas amizades que fiz e que só mantinha contato por lá, deixei de dar risada dos famosos memes, e de receber notícias no geral. Mas você acredita que os benefícios que tive conseguem superar essa "falta"? Pois é... Quando algum conhecido esbarra comigo e pergunta o por que de eu estar sumida, eu simplesmente respondo que não sumi, apenas exclui definitivamente meu Facebook, as pessoas me olham como se eu fosse maluca, e a impressão é de que eu tivesse cometido um suicídio. Estranho.

Mas sabe, eu não me importo não. Pra uma pessoa que tinha problemas com ansiedade (entre outras coisas), excluir o Facebook foi como se eu tivesse tomado uma injeção de alívio, foi como se eu tivesse tirado um peso dos ombros, pois recuperei meu sossego e passei a ter mais tempo pra fazer coisas produtivas (tô me empenhando na cozinha e com o blog). E, olhando agora a situação de fora, percebi que essa rede social não passava de um enorme reino da procrastinação, onde as pessoas reclamavam demais, e, a divergência de opiniões gerava muitos conflitos e aborrecimentos desnecessários. Claro, há quem consiga equilibrar tudo isso e conviver em paz em meio a tanta guerra, mas eu não conseguia. Eu sentia uma aflição, um aperto na garganta sempre que passava um pouco de tempo a mais no Facebook.

Não vou ser hipócrita e dizer que o Facebook não serve pra nada, pelo contrário, reunir um grande  número de pessoas em um mesmo espaço virtual e ao mesmo tempo é uma qualidade pra ser aplaudida de pé, mas pra mim, nesse atual tempo e espaço, não tem tido serventia nenhuma. Contudo, mantenho meu Instagram ativo, meu Whatsapp e meu Blogger, e tenho usado tudo com moderação pra não cair na mesma cilada.

Aos defensores árduos do Facebook, me desculpe.

Um abraço a todos, e até o próximo post!

20 comentários:

  1. Olá!
    Adorei o título e todo o seu texto. É de longe a rede social com mais negatividade (se você não contar com a glamourização geralmente fake nos instas de plantão) e admiro o fato de você ter percebido que não fazia bem e então cortou essa parte da sua vida. É necessária muita coragem para tomar essa atitude! Parabéns, e que bom que te ajudou;
    Beijos,
    http://ofantasmaliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. De todas as redes sociais o Facebook é o que menos uso e gosto. Acho que é a chave para deixar sua vida exposta. Gostei muito do seu post!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  3. Olá, Thamiris.
    Acho que cada um deve ver o que lhe faz bem e o que não faz e excluir o que é ruim. Se no seu caso foi uma rede social que bom que deu certo. Eu uso bastante para manter contato com parentes distantes, por isso não posso excluir hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  4. Adorei o texto e parabéns por essa liberdade que se deixou tomar.
    Eu não consigo me "livrar" do face porque trabalho nele. Gerencio várias páginas de empresas pois trabalho em uma agência de marketing digital. Mas o meu pessoal mesmo é bem parado. Sou bem mais do instagram.
    Eu acredito que temos que nos livrar do que nos faz mal.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi, Thami!

    Ótimo texto. Pros ansiosos, o Facebook deve ser um tormento mesmo. Não defendo nem sou contra redes sociais. Dese nova fui acostumada com orkuts, msn e por aí vai, e por lá conheci pessoas que me ajudaram muito e alegraram os meus dias, então creio que tudo tenha seu lado bom e ruim, e cada um deve avaliar o que é melhor pra si mesmo!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi, Thami!
    Menina, eu ainda tenho facebook porque alguns outros motivos, mas eu gosto mesmo é do Twitter.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  7. ótimo post!
    bjs
    http://www.pinkbelezura.com/

    ResponderExcluir
  8. Oi Thami,
    Eu tenho facebook, mas não é para expor minha vida e sim para manter o blog ativo e ver as novidades literárias, acho uma grande ferramenta nesse sentido. Mas sobre a vida pessoal em si? Te conto que um amigo meu veio me falar: 'nossa, você não faz nada da sua vida? nunca coloca fotos'
    Ai eu respondi: não é porque eu não posto fotos que eu não vivo, eu apenas aproveito o momento e não vivo em função das redes sociais.
    E acho que essa é a chave, viver aquilo que você quer viver, não para mostrar aos outros.
    Beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Thamires!
    Adorei seu texto.
    Eu ainda não consegui me livrar do Facebook totalmente, mas estou usando muito menos do que antes.

    Beijos,
    Sora | Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  10. Oi Thamiris, tudo bem?
    Eu não deletei o Fb, mas mudei a postura e parei de me envolver em tretas. Eu discutia demais e, hoje, simplesmente não me envolvo. Tem sido bem melhor pra mim!
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  11. Sabe que eu tenho conseguido equilibrar o tempo que tenho passado no FB, já cheguei a exclui-lo, mas percebi que preciso dele para a divulgação no meu blog, muito raramente eu fico infinitamente rodando pelo feed, eu entro lá mais para mexer na página do blog e divulga-lo, por isso, meu perfil pessoal mesmo, tem ficado abandonado. Eu amei o seu texto, achei super verdadeiro e bem escrito, e acho que vc tem que fazer o que te faz bem, e se excluir o FB te trouxe benefícios, é isso aí, não ceda à pressão dos outros em voltar pra lá ;)
    Beijo, www.apenasleiteepimenta.com.br

    ResponderExcluir
  12. Eu te apoio totalmente. Também não uso mais Facebook e não me arrependo. cansa daquilo tudo. Quero mais da vida real... estou usando as mesmas redes que você e com moderação. Quero viver!

    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  13. Oi Thami, tudo bem? Eu acho que cada um lida com as redes sociais de uma maneira diferente, eu não me importo muito com o face, deixo de seguir gente que me faz mal, mas se não estava te fazendo bem, fez bem em deletar e se afastar.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  14. Eu penso diversas vezes em excluir meu Facebook, mas lá ainda é a rede social onde consigo divulgar mais meu blog. Mas para quem tem ansiedade como você deve ser ótimo se livrar daquele lugar que está cada vez mais tóxico! www.estante450.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. eu quase não uso o facebook, entro muito pouco e faz séculos que não posto nada. e te digo que não me faz falta! gosto muito mais de acompanhar conhecidos e pessoas inspiradoras pelo insta e pelo twitter :)

    ResponderExcluir
  16. OI Thami, tudo bem?
    Nossa eu TENHO MT VONTADE de excluir o facebook e o instagram porque por mais que eles gerem coisas boas, pra nós que sofremos de ansiedade, é mt ruim mesmo... É exatamente td o q vc falou, ele causa brigas desnecessárias, uma ideia de perfeição que não existe, cobranças e mais cobranças, vício por likes, e isso td faz MT mal. Vc fez bem em excluir e fico feliz de saber que foi algo bom pra vc! Espero um dia conseguir tb, to caminhando pra isso hahahaha
    Beijos
    www.somosvisiveiseinfinitos.com.br
    Vídeo novo: https://www.youtube.com/watch?v=iYPJI516_5A

    ResponderExcluir
  17. Oie Thamiris =)

    Pode parecer meio controverso o que vou dizer, ainda mais levando em conta que o Facebook é uma das minhas ferramentas de trabalho. Mas a verdade é que não suporto mais ele como rede social. Só não deleto a minha conta por que infelizmente preciso dela para trabalhar, por que se não fosso por isso já tinha deletado faz tempo.

    Eu praticamente não atualizo nada, interajo muito pouco em alguns grupos que participo e na maioria das vezes só fico logada na conta da empresa que administro o perfil.

    Ao invés de ser uma rede que uni as pessoas, o face só serve para brigas, falta de respeito com a opinião alheia e alimentar o ego.


    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  18. Amei esse texto, já tive muitas idas e vindas com o facebook e sei bem como ele pode ser tóxico. Se sentir leve assim é a melhor parte de deletar o perfil
    Beijos
    lolamantovani.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Que bom que você está bem e tirou proveitos positivos disso. Confesso que não consigo viver sem o Facebook hoje em dia.


    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  20. Já pensei algumas vezes em sair do Facebook, é uma questão para mim.

    Beijos.

    ResponderExcluir

Retribuo todos os comentários aqui deixados!
Não esqueça de seguir nosso Instagram ~> @miiistoquente.