O Livro do Cemitério [Resenha do Livro]

Título no Brasil: O Livro do Cemitério
Autor: Neil Gaiman
Gênero: Literatura fantástica.
Editora: Rocco
Ano da Edição: 2010
Nº de Páginas: 336

Sinopse: Mesclando o fantástico e o gótico, o autor conta a história de Ninguém Owens, o Nin, um garoto que escapa do assassinato de toda a sua família e é criado por fantasmas que habitam um cemitério centenário. Com eles, Nin aprende as regras básicas de convivência e compaixão, ética e perdão.

Nota:

Lá vem eu falar mais uma vez de um livro do querido Neil Gaiman, onde passo cumprindo meu propósito de ler a maior quantidades de livros dele que forem possíveis.

O Livro do Cemitério conta a história de Ninguém Owens (apelidado carinhosamente pelos seus amigos de "Nin") que quando bebê acabou escapando de um assassinato em massa que tirou a vida de seus pais e sua irmã mais velha. Nin inocentemente achou abrigo em um cemitério onde, após a aprovação de todas as almas/fantasmas que lá viviam, passou a ser protegido pelo local e a fazer parte deles. Gente, só mesmo o Gaiman pra criar um mundo único e criativo dentro do cemitério, onde ele desenvolveu 90% da narrativa do livro e que, como conta na trama, é um cemitério tombado como patrimônio histórico da cidade e que virou uma reserva natural... já podem imaginar o quão rico é esse cenário!

Os personagens, tanto os vivos quanto os mortos são muito bem construídos e os cenários muito bem detalhados, tanto que quando Nin passa diante de alguma tumba a narrativa relata o nome, ano de nascimento, de morte e a frase que vem escrita na lápide, dando ao leitor a oportunidade de conhecer os "moradores" do cemitério mais de perto.

Conhecemos os pais de Nin, um casal de fantasmas que não puderam ter filhos em vida. Vemos Silas, um ser que oscila entre os vivos e os mortos e que tem a função de ser o guardião de Nin. Conhecemos uma bruxa que morreu afogada pelos aldeões do vilarejo onde morava, entre muitos outros personagens que cativam de verdade.

Nesse mundo de fantasia também podemos ver elementos da cultura inglesa sendo inseridos num contexto muito bacana, como os portais Ghouls, a dança macabra (que foi um dos meus capítulos favoritos) e os sabujos de Deus (seres que podem virar lobos e são guardiões em outros mundos).

O livro é curto, com uma narrativa ágil, simples, cheia de surpresas e que se desenvolve naturalmente, porém, achei que a capa do livro deixou a desejar com um acabamento que não é daqueles foscos e com uma arte que não entendi muito bem.

As  ilustrações do livro foram feitas por Dave McKean e de um jeito meio desconcertadas são muito bem feitas na minha opinião.

O final é o um tanto quanto esperado mas justo. Recomendo a leitura do livro, pra quem gosta de uma literatura fantástica com um toque de goticismo.

16 comentários:

  1. Aii acredita que ainda não li nada dele. Sou louca para conhecer a escrita do Neil. Menina as ilustrações também parecem dar um toque a mais a obra. Eu gosto muito de personagens bem construídas. Quero ler.
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  2. Eu já li um pedaço dessa história em HQ e tenho muita curiosidade de ler o livro. A história é muito interessante e eu adorei..

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  3. Eu adorei a sua resenha - mesmo com tantos blogs de livros por aí, o seu tem alma! Ainda estou engatinhando na leitura do Neil e acho que esse vai ser meu pioneiro. Obrigada!

    ResponderExcluir
  4. Apesar do sucesso admito nunca li nada do autor, tenho que ler!!! Achei bem interessante esse livro e aforei que postou foto com ilustração contida no livro.
    Bjs
    https://eternamente-princesa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Amei sua resenha, ainda não tinha visto nada sobre esse livro, acredita? Mas já quero muito ler!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  6. Adorei a resenha, ainda não li o livro e gostei bastante da temática.
    beijos
    http://lolamantovani.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Thami,

    Nunca li nada do autor, mas sei que quando ler vou gostar, pois ele tem um estilo de escrita que eu gosto.
    Essa capa não atrai muito, poderiam ter feito uma arte mais chamativa.
    Dica anotada para leitura.
    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  8. Olá, Thamiris.
    Que legal que está conseguindo ler todos os livros dele. Eu achei o enredo desse bem interessante. O cenário parece ser bem legal e pelo que conheço do autor sei que ele aprontou bastante nele. Mas tenho um problema com os livros do Neil e não sei se leria.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  9. Oi, Thami!

    Nossa, a história parece ser bem diferente e criativa, fiquei interessada pela fantasia criada pelo Neil, tem tudo pra ser ótima!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, Thamiris

    Eu não li nenhum livro do autor ainda, não tenho muito interesse pois ele tem um estilo muito distante daquilo que curto. Mas sempre vejo o povo elogiando, então imagino que seja muito interessante mesmo.
    A edição está linda com essas ilustrações.

    Beijo
    - Tami
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
  11. Oi Thamiris,
    Eu sou doida pra ler algo do autor. Conheço as histórias pelas adaptações, acho legal o toque de fantasia que ele dá. Não conhecia esse livro, mas adorei a dica e os elementos.

    P.S: Aquela edição, da coluna de adaptações, era a número 14 e são notícias mais atuais. Caixa de Pássaros já foi noticiado em edições passadas e até com fotos das filmagens. ;)

    até mais,
    Nana e Leticia - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  12. Seus posts, como sempre, maravilhosos! :)

    Passa lá no blog que tem resenha musical nova.

    Espero você por lá! <3

    Abraços,

    Jennifer.

    http://entrelinhasentrepautas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi Thami, tudo bem? Eu li dois livros do Gaiman e gostei muito <3 Já quero ler esse tb, os universos que ele constrói são sempre bem comentados!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  14. De Neil Gaiman eu só vi alguns capítulos de 'Deuses americanos', mas não fui adiante, pq achei meio forte... =s Mas esse livro eu acho que poderia ser uma segunda chance que eu daria ao autor... Me parece que eu leria até o fim. Achei interessante o menino se chamar Ninguém... ainda bem que ele tem um apelido... rsrs
    Bjks!

    Mundinho da Hanna

    ResponderExcluir

Retribuo todos os comentários aqui deixados!
Não esqueça de seguir nosso Instagram ~> @miiistoquente.